O doutorado em psicanálise humanista é uma iniciativa do Instituto de Psicanálise Humanista, que atualmente é membro da sociedade intencional de Erich Fromm, com sede na cidade de Tubinguem, (Alemanha). A sede atual do Instituto de Psicanálise é na cidade de Santa Maria-RS, que desenvolveu este projeto para oferecer aos futuros psicanalistas nesta corrente epistemológica da psicanálise humanista de Erich Fromm, um curso a nível de doutorado. Pois sentimos a necessidade de qualificar os psicanalistas em relação a PESQUISA E CLINICA, além de oferecermos um curso de Especialização (Latu Sensu) em Teoria e Prática da Psicanálise Humanista, e também a dimensão clínica durante o processo de formação psicanalítica. O nosso objetivo propõe que o psicanalista possa qualificar-se no âmbito teórico epistemológico e clínico para exercer a sua função profissional, além de conhecer em profundidade o referencial teórico das obras de Erich Fromm, sustentado numa epistemologia que abre espaço para pesquisar a complexidade do inconsciente cultural. A pesquisa acontece numa abordagem transdisciplinar em decorrência da complexidade que emana da psique humana. Queremos um psicanalista que desenvolva um saber mais humano e comprometido com os problemas sociais e culturais de nossa sociedade brasileira. Para isto a ciência psicanalítica dentro de suas varias correntes teóricas podem ser um aporte importante na elaboração deste saber cientifico, como por exemplo; Rollo May, Paul Tillich, Karem Horney, Alfred Adler, Otto Rank, Harry Stack Sullivan, e outros psicanalistas que desenvolveram teorias Ao realizarmos este nosso sonho, de viabilizar o conhecimento cientifico na área da psicanálise aos psicanalistas, que tenham interesse em desenvolver PESQUISA E AMPLIAR OS HORIZONTES DE SUA PRÁTICA CLÍNICA. Temos vários psicanalistas doutores que compõe o nosso corpo docente para ajudar na orientação dos diferentes enfoques de metodologia e epistemologia teórica. Mesmo estando à margem do controle institucional do Ministério da Educação, queremos desenvolver este trabalho sério e acadêmico para oferecer a nossa sociedade excelentes pesquisadores e psicanalistas para atuar na clínica e no corpo docente dos Institutos de psicanálise no Brasil e na América Latina. O instituto de Psicanálise Humanista foi fundado em 17 de Janeiro de 1997 e desde esta época vem aprimorando uma maturidade na área de pesquisa e na formação de psicanalistas humanistas obtendo reconhecimento internacional. E um de nossos objetivos para o ano de 20l4 é oferecer aos psicanalistas e profissionais das ciências humanas e sociais, esta socialização do saber psicanalítico dentro de uma visão transdisciplinar sem ortodoxias conceituais, queremos que os filósofos, teólogos, assistentes sociais, pedagogos, psicopedagogos , e outros pesquisadores das áreas das ciências humanas tenham acesso ao conhecimento cientifico e das metodologias para estudar e interpretar as instancias do inconsciente cultural. Nossa intenção, além da formação de psicanalista humanistas e qualificar o corpo docente dos Institutos de Psicanálise, para que o saber psicanalítico possa ser comtemplado dentro desta abordagem teórica e clínica como cientistas comprometidos com o bem estar e a saúde de nossa população brasileira. Sabemos que as neuroses, fobias, compulsões, obsessões, psicoses, esquizofrenias e outras doenças psíquicas precisam de muita pesquisa e estudo, para dar uma resposta a dor e ao sofrimento humano. Esta iniciativa tem como finalidade desenvolver pesquisas na área da toxicomania, alcoolismo, desvios sexuais, anorexia, bulimia, síndromes do pânico, abuso sexual, psicossomática, neuroses de conversão, autismo e psicose infantil, sociopatias, e todas as psicopatologias que possam ajudar a sociedade e as pessoas que atuam na área de saúde mental, a entender e compreender mediante a pesquisa empírica e qualitativa, a origem que desencadeia estas patologias psíquicas. Nosso objetivo é preparar o futuro psicanalista a desenvolver seu conhecimento teórico e clínico sustentado numa pesquisa bibliográfica ou de campo. Como são muitos os problemas de saúde emocional e orgânica que atingem a uma grande camada da nossa população marginalizada e sem assistência analítica, achamos por bem socializar este conhecimento cientifico para qualificar no âmbito da ciência todos os problemas de violência social e familiar que vem assolando o nosso país. Queremos publicar estas teses como livros, para que pessoas interessadas, como professores, médicos, psicólogos, psiquiatras, psicopedagogos e todos aqueles que atuem na rede de assistência social, este aporte de pesquisa científica para ajudar na diminuição do sofrimento psíquico que estão acometidos milhões de pessoas. A ciência psicanalítica deve estar relacionada com outras disciplinas; como por exemplo: sociologia, educação, teologia, filosofia, economia, politica, antropologia, biologia, medicina, educação, sociologia, neurociência, Direito, e outras áreas do saber que possam estar desenvolvendo pesquisa e conhecimento teórico dentro de uma visão transdisciplinar, para que possa conhecer o inconsciente dentro deste escopo integral no estudo da mente inconsciente. A psicanálise é uma ciência da humanidade e não de um grupo seleto de cientistas que defendem a utilização deste conhecimento somente para um grupo de psicanalistas, porque entendemos que a profissão de psicanalista não esta atrelada somente a psicólogos e médicos, ao contrario, todos os profissionais tem o direito de fazer uma formação psicanalítica, deste que faça sua analise pessoal, supervisão clinica, atendimentos a pacientes, terapia de grupo analítico, analise didática e outras exigências do processo de formação, que cada sociedade psicanalítica exige de acordo com a sua corrente teórica. Agora queremos que estes psicanalistas tenham acesso à pesquisa, e realizem seu sonho de tornaram-se cientistas da “PSIQUE HUMANA”, porque toda esta exigência de leitura, acaba desenvolvendo um capital intelectual para qualquer instituição que oferece formação em psicanálise. Queremos esclarecer que a pesquisa do inconsciente integral do ser humano é uma instancia de discussão teórica e na aplicação de métodos para conhecer e desvendar os fenômenos complexos arraigados numa cultura de violência e repressão das potencialidades humanas, em nenhum momento se deve confundir a formação psicanalítica, que deve acontecer nos institutos de formação. Nada substitui a analise pessoal, o domínio da “práxis analítica clínica” e muito menos a supervisão clínica por um analista didata. Não temos nenhum interesse de seguir as normas e exigências de um corpo de cientistas que exige procedimentos que afrontam a prática analítica, as universidades publicas e os órgãos legisladores deste saber, não podem impedir o estudo e conhecimento da mente inconsciente pelo caminho de um poder constituído estatal, como se fossem os detentores do conhecimento verdadeiro e único sobre esta ciência, que arrogam o direito de serem os donos da verdade, sobre o que é conhecimento cientifico. Hoje mais do que nunca esta pratica autoritária e dos monopólios do conhecimento, tendem a enfraquecer-se, porque as instituições de formação em psicanálise entenderem que precisam fazer um caminho próprio, original e único dentro de sua epistemologia teórica, e não de uma única corrente teórica instituída pelo poder dos pós-graduações em nosso país. Vivemos e estamos numa democracia, e o primeiro compromisso de uma sociedade séria e ética e zelar pela liberdade de pesquisar e pensar, além de socializar este saber a todos os cidadãos que queiram conhecer e pesquisar o psiquismo humano fora das exigências de um grupo de intelectuais que impedem a todo o custo o acesso dos psicanalistas a tornarem-se cientistas.

 

Doutorado

Idiom 

Address: Street of Miosótis, Number 225 - Neighborhood Patronato - City Santa Maria RS - Brasil
E-mail: unihumanistadasamericas@gmail.com
Phone: (55) 55 3225-1800 or 3222-3238

INFORMATION: